Como Começar a Vender pela Internet?

  • janeiro 10, 2022
  • 6 mins de leitura

Muitas pessoas ainda vendem apenas em loja física, principalmente por acharem que é muito difícil vender pela internet e por isso, acham melhor não arriscar. Porém, vender pela internet te ajudará a ampliar os seus negócios e se você começar se atentando a alguns detalhes, as chances de dar certo logo de cara são bem maiores.

Mas, afinal, o que é preciso fazer para vender pela internet?

Algumas pessoas começam vendendo usando as mídias sociais, e não tem problema, mas se você quer facilitar o seu trabalho, o ideal é ter uma plataforma para hospedar a sua loja online. Listamos alguns passos necessários para garantir que a sua loja seja um sucesso, vamos ver?

1º PASSO: Definição de marca para vender pela internet

Este é um passo muito importante para dar um ar mais profissional para a sua marca, mas é muito comum as pessoas pularem… aí você encontra empresas com os nomes:

Exemplos:

@lojadamaria

@alojadamaria

@loja-damaria

@lojada-maria

@1lojadamaria

@lojadamariaoficial

São empresas diferentes, donos diferentes, mas escolheram um nome e não pesquisaram para saber se já existiam outras empresas com o mesmo nome.

             Não faça isso.

O nome da sua empresa, assim como o logo, tem o objetivo de transmitir os valores da sua empresa, aquilo que a sua empresa representa. Portanto, invista um valor na identidade visual da sua loja.

Nota: A identidade visual é um conjunto de elementos que representam a marca, transmitem o que aquela marca quer passar para as pessoas; envolve o nome, o logo, a paleta de cores e todos os outros elementos que podem fazer parte dessa estruturação.

Escolha alguns nomes para a sua empresa e pesquise na internet se já existem empresas com esse nome. Atente-se a escolher um nome único para ser encontrado de forma mais fácil.

2º PASSO: Escolha a plataforma onde a sua loja virtual será hospedada.

Nota: Nós já temos aqui no blog um post com várias dicas para te ajudar a escolher uma plataforma, clique aqui para ler. (GISA COLOCAR O LINK NA CONFIGURAÇÃO)

Existem várias plataformas para você escolher, mas vamos falar rapidamente sobre algumas:

VTEX – é uma das mais queridas do mercado, é 100% customizável, dizem que tem um atendimento super eficiente e conta com vários tipos de integrações, porém, o custo dela é um pouco mais alto… então, é mais indicada para quem já tem um planejamento a longo prazo, já tem uma marca conhecida no mercado.

MAGENTO – é uma plataforma que também pode ser customizável, porém, ela exige um certo conhecimento de desenvolvimento de sites, então, pra quem não gosta muito de tecnologia, talvez ela dê um trabalho indesejado na hora da configuração.

SHOPIFY – é uma plataforma bem simples de configurar, você consegue em poucos passos criar a sua loja, já vem temas prontos, você consegue alterar as cores, colocar seu logo… mas, o valor não é um dos mais baratos, então, para quem está com pouco dinheiro para investir, talvez seja um empecilho.

TRAY, LOJA INTEGRADA e NUVEM SHOP – ótimas opções para quem está começando! Configuração fácil, vários planos para contratação e muitas funcionalidades e integrações para facilitar o seu trabalho.

Lembre-se: Depois de escolher a plataforma escolhida, você precisa registrar o seu domínio nela! Ter o nome da sua empresa como endereço do seu site também vai passar uma imagem de marca mais profissional.

Nota: A maioria das plataformas indicam vários sites para contratação de domínio e possuem tutorial para configuração.

3º PASSO: Configure o visual da sua loja virtual.

Algumas plataformas já possuem alguns temas para você escolher; esses temas definem onde ficam os menus, visual da página inicial, os banners… assim ficará mais fácil organizar a aparência da sua loja.

Verifique a disponibilidade de temas gratuitos e temáticos, assim além de investir menos, você garante que o visual seja ideal para o seu mercado de atuação.

Nota: Você pode se apoiar em um desses temas como modelo, mas é importante alterar as cores para as cores da sua marca e colocar imagens relacionadas a sua loja – e identidade – nos banners.

4º PASSO: Organize os seus produtos para cadastrar na loja virtual.

Os produtos precisam ter título (nome do produto), tamanho, peso, variação.

Seu estoque está organizado?

Garanta que no seu site tenha a quantidade exata do produto disponível.

A descrição dos produtos é muito importante, lembre-se de ser o mais claro possível, e conte tudo o que puder sobre cada item.

Separe boas fotos e vídeos.

Faça uma tabela de tamanhos para facilitar a escolha do cliente.

Defina também como o produto vai aparecer quando estiver com estoque zero: “Avise-me assim que estiver disponível” ou apenas “Indisponível”.

Com tudo isso organizado, você pode cadastrar os seus produtos na plataforma escolhida.

5º PASSO: Escolha as formas de pagamento e entregas.

Algumas plataformas já possuem formas de pagamento interligadas, assim fica mais fácil configurar para que o seu cliente faça tudo em um único lugar.

Tenha várias opções de pagamento disponíveis, assim o cliente terá várias opções para escolher como te pagar.

Algumas opções: Pagseguro, Mercado Pago, Pix, Pagar.Me, PayPal, PayU, Paghiper.

Escolha formas de entrega – Correios, Motoboy, Retirada ou Transportadora.

O ideal é você optar por ter todas as opções disponíveis para você, assim é o cliente que escolhe qual mais lhe agrada.

DICA EXTRA: Visite lojas virtuais de marcas diferentes, observe como o menu é alocado, repare nas imagens que usam em banners, formas de pagamento, como escrevem as descrições… tudo isso vai te servir de inspiração! Anote suas ideias e aos poucos, sua loja já estará linda, funcionando a todo vapor!

Compartilhe com quem vai te ajudar a colocar sua loja virtual no ar!

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Conexão Lojista (@conexaolojista)